.arquivos

. Junho 2010

. Fevereiro 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

Quinta-feira, 31 de Julho de 2008
Giggs crítica cristiano ronaldo

 

Um dos recentes ídolos do Manchester United, o jogador Ryan Giggs critica publicamente Cristiano Ronaldo e afirma que o português começa a ficar "sem clima" no Old Traford, segundo o jornal Marca.

"Alguns jogadores somente pensam em ganhar o máximo de dinheiro possível e depois se transferir para outra equipe", disse o galês.

Para Giggs, o mundo do futebol atualmente é dominado pelos interesses financeiros dos empresários, que muitas vezes acabam influenciando a cabeça dos atletas.

"Nessas confusões a culpa sempre gira em torno dos futebolistas, mas seus representantes, que geralmente são os culpados, pensam muito em dinheiro e nos contratos milionários, mas não se importam com os verdadeiros interesses dos seus jogadores", aponta.

As queixas do meio-campista vão além de simples declarações particulares, mas relatam como os companheiros de clube estão se sentindo perante toda a polêmica envolvendo o português.

"O vestiário do Manchester não parece estar muito contente com as atitudes de Ronaldo ultimamente".

Redação Terra
tags: ,
publicado por J. às 11:27
link do post | comentar | favorito
Ronaldo não sai por dinheiro

"Quando um jogador sai de um clube grande não é por dinheiro. Sai porque não se sente satisfeito com o projecto, a sua vida familiar ou o treinador." Foi desta forma que Ramón Calderón explicou ontem o desejo de Ronaldo de trocar o Manchester United pelo Real Madrid.





Apesar da longa novela da transferência do português, de 23 anos, o presidente dos merengues sublinhou que o clube é apenas "um espectador nesta comédia". "O Manchester e o jogador estão envolvidos numa disputa e assim continuamos à espera. E não podemos fazer mais nada por agora", frisou o dirigente, acrescentando: "O clube que lidero dorme de consciência tranquila."

Em declarações ao jornal espanhol ‘AS’, Calderón desvalorizou ainda os 90 milhões de euros que poderá ter de pagar pelo extremo. "O importante não é o que pagas e sim o que recebes e consegues gerar. A questão está em saber quais são os recursos. Por si só, o preço não me diz nada".

Reiterando o "orgulho e satisfação" na vontade expressa de Ronaldo em rumar ao Santiago Bernabéu, o líder blanco frisou, contudo, que o clube não está refém desta contratação. "Não estou obcecado por ninguém", disse.

E é já com um possível fracasso na ‘novela Ronaldo’ – o jogador está em Portugal e apresenta-se na próxima semana em Manchester – que Calderón prefere destacar os méritos da equipa comandada pelo técnico alemão Bernd Schuster: "Ronaldo seria um reforço espectacular, mas temos um plantel excepcional". Contudo, em Madrid, já se nota a saturação com as negociações e Schuster não conteve a irritação. "Sou o último a saber de tudo. Ainda bem que chegou o presidente para me dizer alguma coisa", protestou o técnico, que assumiu não se relacionar com Mijatovic, director dos merengues.

publicado por J. às 11:23
link do post | comentar | favorito
.posts recentes

. Cristiano e Kaká amigos i...

. quem tem medo do Benfica

. Ronaldo fora!

. keirrison no Benfica

. Victoria Beckham e o seu ...

.pesquisar
 
.Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds